Perfil

Sou Angel Rosa
Idade: 35
Moro:Minas Gerais
Adoro a noite,a lua,estrelas...


Link me





Meu Award





 
Link Sou Destaque







Participo






Destaques
 


Diversos

 

 

Melodia dos Anjos





Initialisation

Arquivos Passados

01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006





M E U S    P O S T S



"Não me deixe só"

não me deixe só
posso não aguentar
e enlouquecer
ou morrer
quem sabe
sofrer apenas
não me deixe só
tenho medo
do sol
e da chuva
dos raios
e dos trovões
tenho medo
do telefone tocar
e não ser ninguém
não me deixe só
na segunda feira
posso querer fugir
nem na terça
posso querer morrer
quem sabe
eu suma na quarta
não me deixe só
na semana toda
tenho medo
de não acordar
se não acordar
por favor
me acorde

(Poesia de Eduardus Poeta)
http://reticenciaspoeticas.blogspot.com


Postado por: Angel Rosa às 18h13
[ ]

[ envie esta mensagem ]






""Eu""

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada… a dolorida…

Sombra de névoa ténue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!…

Sou aquela que passa e ninguém vê…
Sou a que chamam triste sem o ser…
Sou a que chora sem saber porquê…

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou!

(Florbela Espanca - Livro de Mágoas)



Postado por: Angel Rosa às 17h01
[ ]

[ envie esta mensagem ]






 
Layout de Cristina Sueta Artes