Perfil

Sou Angel Rosa
Idade: 35
Moro:Minas Gerais
Adoro a noite,a lua,estrelas...


Link me





Meu Award





 
Link Sou Destaque







Participo






Destaques
 


Diversos

 

 

Melodia dos Anjos





Initialisation

Arquivos Passados

01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006





M E U S    P O S T S



**Apesar **

Apesar de sonhar até mesmo o impossível
Apesar de sorrir sem ao menos ter motivos
Apesar de cantar para disfarçar o pranto
Continuo a afirmar que a felicidade existe...

Apesar de acreditar e as vezes ser traída
Apesar de gostar e não ser correspondida
Apesar de falar e não ser compreendida
Continuo a acreditar que a amizade existe...

Apesar do sol nem sempre estar presente
Apesar da brisa transformar-se em vento forte
Apesar da chuva muitas vezes ser agressiva
Continuo a admirar o explendor da natureza...

Apesar de conviver com tantas dúvidas
Apesar de me perder nas incertezas
Apesar de viver em eterna busca
Continuo a agradecer o dom da vida!!

(autor desconhecido)



Postado por: Angel Rosa às 11h53
[ ]

[ envie esta mensagem ]






**Fácil e Difícil...**

 

Falar é fácil, quando se tem em mente, as palavras que
expressem sua opinião.


Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente
queremos dizer.


Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que
ela deseja ouvir.


Difícil é ser amigo para todas horas e dizer sempre a verdade quando precisam.


Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre
ela.
Difícil é vivência esta situação e saber o que fazer.


Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.


Difícil é mentir para o nosso coração.


Fácil é ver o que queremos enxergar.


Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter
visto.


Fácil é dizer "olá", ou "como vais ?".


Difícil é dizer "adeus".


Fácil é ouvir a música que toca.


Difícil é ouvir a própria consciência


Fácil é perguntar o que deseja saber.


Difícil é estar preparado para escutar esta resposta.


Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.


Difícil é sorrir com vontade de chorar ou vice-versa.


Fácil é beijar


Difícil é entregar a alma!


Fácil é ditar regras.


Difícil é seguí-las.


Fácil é sonhar todas as noites.


Difícil é lutar por um sonho.


Fácil é exibir sua vitória a todos.


Difícil é assumir a sua derrota com dignidade.


Fácil é viver o presente.


Difícil é se desvencilhar do passado.


Fácil é tropeçar em uma pedra.


Difícil é levantar de uma queda, todo machucado


Fácil é desfrutar a vida a cada dia.


Difícil é dar o verdadeiro valor a ela

"alma


 by cantinhodumaalma

 



Postado por: Angel Rosa às 20h34
[ ]

[ envie esta mensagem ]






**De Alma Lavada **

Se a tristeza surgir por qualquer motivo, faça o seguinte:

Evite as sombras que ficaram para trás,
olhe o caminho a sua frente e siga sempre.

Assopre o pensamento triste;
deixe escorrer a última lágrima!

Vá até o final do poço, mas volte de alma lavada.

Então, respire fundo,
tirando da natureza a energia para elevar sua alma.

Abra, então, a janela;
aquela que dá para o vôo dos pardais!

Procure a luz que pisca adiante.
Ao encontrá-la, coloque-a dentro do peito,
de tal jeito que possa ser notada do lado de fora!

Espalhe as cores do arco-íris em torno de si...

Dê amor a todas as criaturas vivas!

A felicidade é o seu objetivo!

E a paz que você procura será encontrada dentro de você...
onde Deus colocou um pedacinho de Si.

(autor desconhecido)



Postado por: Angel Rosa às 21h09
[ ]

[ envie esta mensagem ]






**Sorriso**

Lavo minha alma da dor, para dela transformá-la em sorriso
Sorriso sincero,de tal modo que transparece aos que me rodeiam.
Assim quero viver para sorrir e fazer sorrir, aos que sofrem mais do que eu
Venho de longe, raízes não tenho
Pertenço apenas, como mais um gota no Oceano.
Trago no peito o sofrimento dos povos.
Mas sorrio, para que aquele momento seja único,
Naquela dor que parece não querer sair de dentro,
Daqueles que mais sofrem que eu!
Dor da fome.
Dor da morte
Dor da alma
Sorrio para que aquele momento,
Possa servir de consolação, da maldita dor
Que insiste em não acabar!
consciente eu estou que é apenas um momento,
Mas sei que será um momento único,
Por isso sorrio para aqueles que mais sofrem que eu.
Consigo assim fazer sorrir há aqueles que sofrem a
Dor da fome
Dor da morte
Dor da alma

 

Dalena GVL ( 26-01-2007)



Postado por: Angel Rosa às 21h40
[ ]

[ envie esta mensagem ]






**No silêncio do Tempo**

Quisera dar-te o silêncio do Tempo
Um sopro intenso da Intemporalidade

Quisera eu desenhar uma estrada não arquitectada
Uma estrada por asfaltar

Uma aventura que sussura segredos às pedras
Que descobre tesouros nos buracos da terra
Cumplicidade de velhos amantes

Quisera eu desenhar um mundo de novos contornos
Feito de barro enlameado
Onde se mergulha as mãos e se lhe sente o sabor

Quisera ser escultora das ideias indizíveis
Dar-lhes forma exacta
E desmanchá-las de novo

Acrescentar mais um dia aos meses do calendário
Reiventar o cronómetro do tempo

Escrevrer o alfabeto de trás para a frente
E trocar os sons às letras

Quisera dar-te o silêncio do Tempo
Jogar ao elástico com a corda do relógio
Reiventar a inocência na ponta dos ponteiros
Inverter-lhes o sentido

Quisera eu pregar um susto ao Medo
Alterar-lhe o batimento cardíaco
E rir-me às gargalhadas desenfreadas
Do medo que o Medo teve

Quisera eu dar-te o silêncio do Tempo
E trancar as portas!
... apenas por um momento!


(Susana Moura)



Postado por: Angel Rosa às 18h16
[ ]

[ envie esta mensagem ]






 
Layout de Cristina Sueta Artes